BLOG


A relação do frio com a frequência urinária


2 Flares Twitter 0 Facebook 2 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 2 Flares ×


 
Muitas pessoas já perceberam que com a chegada do inverno ocorrem algumas mudanças em nosso organismo, em especial a necessidade de urinar com maior frequência.
 
A produção de urina está diretamente relacionada com o volume de liquido ingerido durante o dia, com a temperatura e com a umidade do ar. Ou seja, em um clima quente e seco ocorre maior transpiração pela pele e perda de líquidos durante a respiração. O oposto ocorre em um clima frio e úmido. Assim, se a mesma pessoa ingerir a mesma quantidade de liquido nas duas situações citadas irá produzir maior quantidade de urina no clima frio. Como a bexiga tem a mesma capacidade de armazenamento, a pessoa irá mais vezes ao banheiro.
 
Pessoas que apresentam diminuição da capacidade vesical (por exemplo; bexiga hiperativa) apresentam piora dos sintomas, tendo que ir mais vezes ao banheiro durante o inverno.
 
Aqueles que apresentam sintomas que interferam de maneira negativa em seu dia-a-dia, mesmo que seja apenas em dias em que a temperatura está mais baixa devem procurar um urologista para determinar se o aumento da frequência urinária é normal ou está associado a algum problema de armazenamento da bexiga.
 

Assista o Video

5 respostas para “A relação do frio com a frequência urinária”

  1. joceli disse:

    Comentário:mesmo no verão eu sofro com isso,ao minimo esforço,até pra varrer a casa ou me esticar pra pegar algo ensima do armario.

  2. joceli disse:

    morro de vergonha , até do meu marido,tenho 49 anos,tive 3 cesarias,venho de uma familia onde as mulheres tem este problema,a maioria,e tem homens tambem,pra cada tres mulhres um homem,e os médicos até agora não ajudaram,bem eu acho que o sus não deve pagar este tipo de tratamento,não sei talvez,os médicos pra mim não falam nada.

  3. Eliana A souza disse:

    tenho todos os sintomas apresentados no diagnóstico de queda da bexiga, ao espirrar, sorrir, tossir, mesmo ao ter terminado de fazer xixi, perco líquido, tenho hoje 43 anos, nunca fiquei gravida, tive poucas relações sexuais, as completas com certo desconforto, cheguei a fazer o estudo urodinâmico, que não apresentou alterações, e ouvi do urologista:” relaxou” o músculo, ora pois, fiquei extremamente perturbada, e parece que não me encaixo no perfil descrito acima, por favor me deem uma luz.

  4. LORENA disse:

    OI DR.FERNANDO EU QUERIA.SABER O QUE ACONTECE NO NOSSO ORGANISMO NO INVERNO

  5. Daiane Golec disse:

    Boa Tarde,Moro em São José dos Pinhais, onde o inverno costuma ser rigoroso, tenho Cistite intersticial e gostaria de saber se morar no litoral onde é mais quente os sintomas diminuem.

Deixe uma resposta para joceli Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Flares Twitter 0 Facebook 2 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 2 Flares ×