Bexiga Hiperativa

Pessoas que apresentam Bexiga Hiperativa ou incontinência urinária não conseguem controlar a urina- molhando-se ocasionalmente. Perder urina é normal somente em crianças; isto não é uma conseqüência normal do envelhecimento.

Se você tem esse problema, você pode estar muito constrangido ou chateado para pedir ajuda, mas não deveria.

Bexiga hiperativa é um termo relativamente novo que é usado para descrever sintomas de:

  • urgência miccional – repentina necessidade de urinar;
  • incontinência urinária por urgência – repentina e involuntária perda do controle vesical levando a perda de urina;
  • aumento da freqüência urinária – mais do que 8 micções num período de 24 horas;

Se você apresenta um ou mais desses sintomas você pode ser portador(a) de Bexiga Hiperativa. Existe um grande número de pessoas com essa condição ao redor do mundo. No Brasil, não existem estimativas precisas, mas dentro dos EUA, estima-se que 17 milhões de pessoas sofrem com Bexiga Hiperativa. Esse problema afeta também o bem estar emocional, psicológico e social de homens e mulheres, prejudicando consideravelmente a qualidade de vida.

Muitas pessoas têm medo de participar de atividades normais do dia-a-dia por medo de perder urina em locais públicos. Como a incidência dos sintomas aumenta com a idade, apenas 10% das pessoas que sofrem com essa condição procuram um médico. Uns por pensarem que esta é uma conseqüência natural da idade; outros, por vergonha. Mas isso é um grande engano, pois a Bexiga Hiperativa tem tratamento!

Causas e Sintomas:

A causa da Bexiga Hiperativa ainda necessita de maiores investigações, pois em muitos pacientes não é possível identificar o fator desencadeante. Resumidamente, o que ocorre é uma perda do controle sobre a bexiga pelo córtex cerebral. Isso ocorre devido a alterações macro ou micro estruturais na inervação da bexiga.

Na prática, o indivíduo com Bexiga Hiperativa não consegue comandar a bexiga para que ela permaneça em estado de repouso. Com isso, o músculo da bexiga contrai, independentemente, gerando um grande desconforto e desejo eminente de urinar (urgência), algumas vezes com perda de urina (incontinência por urgência).

Essas contrações fazem com que a pessoa vá várias vezes ao banheiro para esvaziar a bexiga com objetivo de evitar acidentes em momentos inadequados. Algumas situações, tais como infecção urinária, constipação intestinal e efeito colateral de medicamentos, podem gerar sintomas de bexiga hiperativa, porém, são temporários e melhoram com o tratamento do problema de base.

O urologista é o medico mais indicado para avaliar essa condição. Os sintomas são avaliados juntamente com uma revisão da história médica, exame físico e diário miccional. Muitas vezes, um estudo urodinâmico é necessário para auxiliar no diagnóstico e no tratamento.

Para mais informações sobre esse tratamento,
entre em contato com o Dr Fernando Almeida