Notícias

31/jan

Resultado das pesquisas com o uso do Cranberry

Autores da Colaboração Cochrane realizaram duas pesquisas sobre cranberry. Uma avaliando a eficácia do uso da fruta na prevenção de doenças urinárias (2012) e outra aferindo os tratamentos (2010). A que avaliou a eficácia dos produtos de cranberry na prevenção de infecções do trato urinário em populações suscetíveis inclui um total de 24 estudos envolvendo 4.473 participantes. Dez estudos foram incluídos na atualização de 2008, e 14 estudos foram adicionados a esta atualização. Treze estudos (envolvendo 2.380 participantes) avaliaram o suco ou concentrado de cranberry; nove estudos (envolvendo 1.032 participantes) avaliaram cápsulas de cranberry; um estudo comparou suco versus comprimidos de cranberry, e um estudo comparou cápsulas versus comprimidos de cranberry. O grupo de comparação (controle) recebeu placebo, nenhum tratamento, água, hipurato de metenamina, antibióticos, ou lactobacilos. Onze estudos não foram incluídos na meta-análise porque seu desenho não era apropriado ou porque não relataram desfechos relevantes.

Os dados incluídos na meta-análise (técnica que combina os resultados de diversos estudos) voltados a um conjunto de hipóteses específicas mostraram que, em comparação com placebo, água ou nenhum tratamento, os produtos de cranberry não reduziram de forma significativa a ocorrência de episódios sintomáticos de ITU (Incontinência Urinária) de forma geral ou para quaisquer dos subgrupos estudados: mulheres com ITU de repetição; idosos; mulheres grávidas; crianças com ITU de repetição; pacientes com câncer; ou pessoas com bexiga neurogênica ou lesões medulares. A eficácia de cranberry não foi significativamente diferente do uso de antibióticos para as mulheres e crianças.

A que aferiu os tratamentos, depois de uma busca minuciosa, não encontrou nenhum ensaio clínico randomizado (aleatório) que comprovasse a eficácia do suco de cranberry para o tratamento de infecções do trato urinário.

Portanto, até o momento presente não existem evidências de qualidade que indiquem que o consumo de cranberries seja efetivo para o tratamento de ITU. São necessários novos estudos com desenho adequado, do tipo duplo-cego, que comparem o consumo de suco e produtos de cranberry versus placebo para avaliar a efetividade destes produtos no tratamento de ITU. Os desfechos devem incluir redução de sintoma, esterilização de urina, efeitos colaterais e aderência à terapia. Além disso, as doses usadas e a duração de terapia também devem ser avaliadas.

Fonte: www.noticias.uol.com.br/saude

Contatos
Dr Fernando Almeida
Urologia

Clique Aqui

* As informações presentes nesse website não dispensam a consulta presencial.

Categorias

Clínica Urológica Dr. Fernando Almeida Infecção Urinária Tratamentos

Postado por