Notícias

15/jul

A relação do frio com a frequência urinária

Muitas pessoas já perceberam que com a chegada do inverno ocorrem algumas mudanças em nosso organismo, em especial a necessidade de urinar com maior frequência.

A produção de urina está diretamente relacionada com o volume de liquido ingerido durante o dia, com a temperatura e com a umidade do ar. Ou seja, em um clima quente e seco ocorre maior transpiração pela pele e perda de líquidos durante a respiração. O oposto ocorre em um clima frio e úmido. Assim, se a mesma pessoa ingerir a mesma quantidade de liquido nas duas situações citadas irá produzir maior quantidade de urina no clima frio. Como a bexiga tem a mesma capacidade de armazenamento, a pessoa irá mais vezes ao banheiro.

Pessoas que apresentam diminuição da capacidade vesical (por exemplo; bexiga hiperativa) apresentam piora dos sintomas, tendo que ir mais vezes ao banheiro durante o inverno.

Aqueles que apresentam sintomas que interferam de maneira negativa em seu dia-a-dia, mesmo que seja apenas em dias em que a temperatura está mais baixa devem procurar um urologista para determinar se o aumento da frequência urinária é normal ou está associado a algum problema de armazenamento da bexiga.

Assista o Video

Categorias

Câncer Urológico Clínica Urológica Dr. Fernando Almeida Exame Urodinâmico Incontinência Urinária Tratamentos Urologia

Postado por