Notícias

11/jun

Fístulas Urinárias

A fístula urinária é caracterizada por uma comunicação anormal (não anatômica) entre um órgão do trato urinário e um outro órgão. Comumente acontece por processo inflamatório, como consequência de cirurgias realizadas previamente na região pélvica (histerectomia), assim como em casos de radioterapia e tumores no colo do útero.

Como resultado do quadro, as bordas de dois órgãos, que deveriam manter-se separadas, se unem por um canal, e sem controle do esfíncter, ocorre a passagem da urina do trato urinário para um outro órgão (ureter, intestino, vagina etc), que normalmente não receberia urina. Desse modo, o indivíduo pode apresentar sintomas como incontinência urinária contínua, dor e formação de coleção de urina na pelve.

Para diagnóstico de fístulas urinárias, exames físicos e a história clínica do paciente são analisados por um urologista, permitindo que o mesmo possa avaliar a integridade dos órgãos do trato urinário e localizar o trajeto fistuloso. O especialista então indicará o melhor tratamento de acordo com o contexto.

Outras fístulas comuns em mulheres são as fístulas ureterovaginais, que acontecem entre um dos ureteres e a vagina, e as vésico-uterinas. Os homens, no entanto, podem também apresentar fístulas urinárias, como as fístulas enterovesicais, que ocorrem em algum órgão do trato digestivo com a bexiga, e as prostatorretais, entre o reto e a próstata, dentre outras.

Para saber mais sobre fístulas urinárias, assim como seu tratamento, converse com o seu médico ou entre em contato com o Dr. Fernando Almeida.

Categorias

Sem categoria

Postado por