22 jan 2018

3 fatos que talvez você não saiba sobre o câncer de próstata

Por Dr Fernando Almeida

Embora muitos saibam que o câncer de próstata é o tipo de câncer com maior incidência entre os homens, muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre a doença. Pensando nisso, confira três fatos sobre esse tipo de câncer que talvez você não saiba:

1 – Na maioria dos casos, o câncer de próstata não apresenta sintomas em seus estágios iniciais e, por isso, é de extrema importância a realização de exames periódicos para verificar se há a presença da doença. Quando há sintomas, no entanto, os principais são: frequência de micção, especialmente durante a noite; dor ou sensação de ardor ao urinar; presença de sangue na urina; entre outros.

2 – Os exames devem ser feitos anualmente a partir dos 50 anos. Homens que já tiveram parentes acometidos pela doença, no entanto, são indicados a começar os exames um pouco mais cedo, aos 45 anos. Além do exame de toque retal, há ainda o exame de sangue para verificação da proteína PSA.

3 – Entre os tratamentos mais comuns estão a radioterapia e a terapia hormonal. Em alguns casos, também é realizada a prostatectomia radical, que consiste na retirada da próstata e, consequentemente, do tumor.

Para mais informações, entre em contato.

Leia Também

4 de Fevereiro – Dia Mundial contra o Câncer
4 de Fevereiro – Dia Mundial contra o Câncer
Novembro Azul: Campanha de prevenção ao câncer de próstata
Novembro Azul: Campanha de prevenção ao câncer de próstata

Comentários

  • José Carlos Roque

    Bom dia,
    Em Janeiro de 2011 fiz uma prostatectomia radical retropúbica, com linfadenectomia Obturadora bilateral ficando os valores do PSA em 0.04 (A.P ADC Gleason 7 (3+4), extensão extrapróstactica focal .Gg Negativos) . Cerca de ano e meio depois houve uma uma recidiva Bioquímica do PSA para 0.12 pelo que efectuei um RT pélvica – 6900cGy, sobre a toca prostática, o PSA baixou para 0.04 e manteve-se até á última análise feita em 07-01-2108, na qual se verificou um aumento para 0.11. Consultei o Médico Urologista que me aconselhou a esperar mais seis meses porque poderia ser simplesmente um (pico) do PSA, não estou descansado e estou até a ficar muito angustiado com o problema e até com a espera de 6 meses, até porque gosto de ser rápido no tratamento destes casos. que fazer, gostava de outra opinião, será que ma podem dar, agradecia.
    Gostaria que me dessem a resposta , se for caso disso para jco.roque@gmail.com, porque como andei em pesquisa não sei se saberei voltar a este sitio para verificar a vossa resposta, agradecia.
    Muito obrigado
    José Roque