BLOG


Campanha Câncer de Pênis Zero


1 Flares Twitter 0 Facebook 1 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 1 Flares ×


 
 

Como posso saber se tenho câncer de pênis?

 
O autoexame do pênis é fundamental para detectar os sintomas apresentados abaixo:

– Perda de pigmentação ou manchas esbranquiçadas;
– Feridas e caroços no pênis que não desaparecem após tratamento médico e apresentam secreções e mau cheiro;
– Tumoração no pênis e/ou na virilha (íngua);
– Inflamações de longo período com vermelhidão e coceira, principalmente nos portadores de fimose.
 

Quais são os fatores de risco para o câncer de pênis?

 
– Fimose: pele que impede a exposição da lance (cabeça do pênis);

– Acúmulo de esmegma (secreção branca resultante da descamação celular);

– Higiene local precária;

– Falta de informação sobre a doença;

– Infecção pelo vírus HPV;

– Má situação socieconômica e educacional das pessoas, em geral moradores de regiões mais carentes, como Norte e Nordeste.
 

Como se prevenir do câncer de pênis?

 
– Lavar o pênis diariamente com água e sabão, principalmente após relações sexuais ou masturbação;
– Ensinar ao menino, desde cedo, como fazer a higiene do pênis. E preciso puxar a pele e limpar;
– Realizar o autoexame mensalmente. Puxe a pele e verifique se há alguma lesão na região;
– Usar preservativo nas relações sexuais;
– Ao notar qualquer tipo de alteração no pênis, visite o urologista.
 

O câncer de pênis tem cura?

 
Quando diagnosticado em estágio inicial, sim, tem elevada taxa de cura. No entanto, de acordo com o INCA, mais da metade dos pacientes demoram até um ano após as primeiras lesões aparecerem para procurar o médico, o que diminui as chances de cura sem mutilação.
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Flares Twitter 0 Facebook 1 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 1 Flares ×